QUERO COSNTRUIR EM STEEL FRAME, como faço?? Contrato um Arquiteto, depois compro os materiais, e por final contrato a equipe que irá executar a obra. AFINAL, que equipe é esta? Onde encontro??

Estou convencido que minha próxima residência será em Steel Frame, as características e sistema construtivo já amplamente desenvolvido em outros países facilitam as coisas, pois não é nada NOVO, mas sim amplamente utilizado em condições de temperatura extrema (CANADÁ -10°) e Califórnia (Vale da Morte 56,7°). Mas como dou o primeiro passo?? Será que no final vai dar tudo certo?

 Antes de dar o “caminho das Pedras” é interessante que você “desapegue” do sistema tradicional Brasileiro, se você tentar utilizar a frase “mas ficou diferente da alvenaria de tijolos” ou “ é diferente do reboco” você não está preparado para os próximos passos, é NECESSÁRIO entender que SIM o processo é muito DIFERENTE, eu mesmo errei muito tentando “imitar” o sistema em alvenaria de tijolos e levei mais tempo para assimilar o sistema em função disto.

 PROJETO: Já falei em textos anteriores que o projeto deve ser pensado para o sistema construtivo por motivos muito OBVIOS que é economia. Não nos damos conta mas quando contratamos um projeto no BRASIL naturalmente ele está sendo desenvolvido para alvenaria de tijolos e estrutura em concreto, ou seja, se estivesse contratando um projeto no CHILE por exemplo eu teria que informar que será em alvenaria de tijolos pois naturalmente ele seria desenvolvido para Steel Frame.

PROJETO EXECUTIVO: Aí que está a grande diferença, É EXTREMAMENTE NECESSÁRIO um bom projeto executivo, não basta aquela planta de prefeitura entregar para o pedreiro, o PROJETO EXECUTIVO necessariamente tem que existir e isto deve ser contratado com o profissional.

 MAS ENTÃO EU VOU GASTAR MAIS COM PROJETO???? Fiz minha primeira casa pagando R$1.800,00 pelo projeto e agora???? Vou Gastar mais de R$10.000,00 só para o PROJETO??? Estou começando a desistir….

Antes de desistir uma pergunta, você alguma vez já compartilhou, curtiu ou simplesmente achou legal a seguinte notícia “O Japão reconstruiu uma ponte em 1 mês enquanto no Brasil já tem 1 ano e ainda não está pronta”. Sabe qual é a diferença??? Para quem achou que é a mão de Obra enganou-se, a DIFERENÇA está no PROJETO.

PORTANTO engana-se quem acredita que o projeto termina na aprovação de Prefeitura, na verdade é ali que ele começa de fato, e acreditem, isto no final da obra trará uma GRANDE ECONOMIA somente em material, sem contar no menor prazo de execução e especialmente saber no final da obra ONDE PASSA O CANO QUE VAI PARA A CAIXA D´ÁGUA, pois normalmente nem isto sabemos.

 PROJETO NA MÃO, agora é só comprar o material e contratar o gesseiro que ele faz todo o resto isto? Afinal é assim que construí minha primeira casa, contratei um projeto e chamei o pedreiro, abri um “caderninho” na madeireira e deu tudo certo.

A RESPOSTA INFELIZMENTE É NÃO, o que você tem na mão agora é uma lista de materiais, incluindo Perfis de aço Galvanizado, Placas cimentícias em diversas espessuras, Gesso Acartonado, Parafusos, Telhas, enfim todo o material necessário para executar sua obra. Com isto você inicia a negociação de compra destes materiais, tente comprar todo o material de uma única vez para fazer uma melhor negociação, INSISTA com o vendedor nas especificações contidas no PROJETO, caso tenha dúvidas o PROJETISTA poderá lhe auxiliar, ou até mesmo modificar uma determinada especificação, NUNCA mude especificações por conta própria, o vendedor vai tentar você dizendo que poderá “baratear” para lhe vender. Peça que ele lhe garanta por escrito e se der alguma coisa errada cobre a responsabilidade deste VENDEDOR.

 AGORA SIM você irá contratar a mão de obra, e PREFIRA SEMPRE mão de obra registrada, seja por intermédio de uma empresa, por intermédio de um profissional com MEI ou mesmo se isto for viável assinar a carteira profissional pelo período previsto da obra.

MAS ISTO NÃO VAI SAIR MAIS CARO?????? Vou responder esta pergunta com outra pergunta: Você sabia que toda a obra para averbar no Registro de Imóveis você necessita recolher o ISSQN (municipal para habite-se) e INSS (Receita Federal). Quando você tem a mão de obra regular automaticamente estes impostos já estão sendo recolhidos. MAIS UMA PERGUNTA: Você sabia que pode exigir garantia de um serviço (5 ou 10 anos na construção) de empresas ou profissionais legalmente contratados? E AINDA UMA ULTIMA: Você sabia que qualquer acidente de trabalho em sua obra será responsabilizado o CONTRATANTE e caso não tenha vinculo com uma empresa ou registro legal você ARCA SOZINHO com as despesas. É interessante que não deixamos de fazer seguro de carro (aproximadamente R$50.000,00) mas abrimos mão de indenizações de mais de R$100.000,00 em caso de acidente de trabalho onde o risco É MUITO MAIOR.

 FEITO ISTO, o profissional irá acompanhar a execução da obra, e aquela “historinha” de cobrar tantas visitas na obra já foi acrescentada na contratação do PROJETO. Entenda que você é o CONTRATANTE e todos os outros são RESPONSÁVEIS para executar o que você contratou. As visitas do PROFISSIONAL da obra não deverão estar condicionadas a “visitas contratadas”, mas sim a EXECUÇÃO ADEQUADA do projeto.

 ENTENDA que construção Civil independente do sistema construtivo é um trabalho PROFISSIONAL assim como você vai a um médico para lhe auxiliar. Você até pode até se auto-medicar mas os riscos disto devem ser calculados.

 FICOU EM DUVIDA???? Mande o seu comentário para que ele possa ser publicado, sua dúvida pode ser de muitos.

 

NÃO LEU OS TEXTOS ANTERIORES ACESSE TEXTO 1 TEXTO2 TEXTO3 TEXTO4 TEXTO5

 

Rafael Brentano

Arquiteto e Urbanista

Extensão em gerenciamento de Resíduos Sólidos

Integrador de sistemas de Automação Residencial

Diretor Aquira Construções Ltda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *